quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Absurdo: StrawberryNET cobra taxa aduaneira de clientes do Brasil

Estou revoltada. O StrawberryNET, paraíso de 10 entre 10 blogueiras fanáticas por maquiagem e cosméticos, agora resolveu cobrar das clientes brasileiras uma taxa que, supostamente, serve para cobrir "possíveis gastos com a Aduana". Os produtos estão, pelos meus cálculos, 20% mais caros (em relação aos preços em dólares) para nós brasileiras. UM ABSURDO!

Talvez eles tenham uma boa explicação para isso. Só sei que, daqui por diante, vou evitar ao máximo fazer compras no site. Mesmo que os preços continuem significativamente mais baratos do que os dos sites nacionais, o que me revolta é o lado moral da coisa. Pagamos mais porque estamos no Brasil? Humpft!

Um screen cap para comprovar o que eu disse:




Revolta total.
PS: Fiquei tão revoltada que escrevi Brasil com 'Z'. Doh!!!!

4 comentários:

thamy disse...

Eu concordo que é revoltante. Mas leve em consideração que eles tem (ou tinham, não verifiquei)o hábito de devolver possíveis taxas alfandegárias do Brasil.
Nós sabemos que qualquer comprinha gringa que chega aqui, a alfândega dá um jeito de taxar, seja ela de qualquer valor.
O Strawberry tinha esse procedimento de devolução como cortesia, mas temos que lembrar que eles são uma empresa. Empresa trabalha para o lucro e não pela caridade. A cortesia dele para com o Brasil deveria estar dando prejuízo, portanto nada mais justo que eles trabalhem com uma margem de segurança para o que vendem.
Acho que a nossa revolta não deveria ser direcionada para a Strawberry e sim para a nossa alfândega que dá uma mordida enorme em tudo o que nos obriga importar, já que cobra impostos altíssimos para que estes produtos sejam vendidos em lojas.
Bom, este é o meu ponto de vista.

naovivosemcurvex disse...

Oi Ju, por isso que eu nem me arrisco mais com o morangao, prefiro o cosme de ou Asos...

Esse morangão tá explorando!!!

kkk

bjs

Juliana A. disse...

Thamy, concordo plenamente que a empresa tem de ter lucro e não tem que fazer caridade - para mim a questão não é essa. O problema, que pode até soar egoísta, é que eu nunca fui taxada em nenhuma compra que fiz no Strawberry, e sinto que agora vou ter que pagar por todas as outras pessoas que são taxadas. Isso é injusto. Eles deveriam simplesmente abolir o estorno da taxa alfandegária (já que eles não têm obrigação nenhuma de fazer isso) e continuar cobrando preços normais. Me sinto prejudicada, como cliente, por ter que pagar uma taxa de algo que não me diz respeito.

Juliana A. disse...

Oi Patricia! Eu evitava de comprar no Cosme.de porque os preços lá são mais altos que os do Strawberry, mas, com essa taxa, acho que vou mudar de mala e cuia para o Cosme.de.